Juliano Reis, Cleber e Cauan e Kevin Baetz arrastam multidão à Beira Rio

13 de Fevereiro de 2018 14h59

Terceira noite é marcada pela tranquilidade e alegria A terceira noite do carnaval “A Gente Faz” foi marcada pela tranquilidade e alegria. Assim tem sido desde o começo da festa nos circuitos Jardineira-Beira Rio. Evento dispõe de grande logística de segurança pública –são mais de 150 homens da Polícia Militar--, Bombeiros, equipes do SAMU, agentes de Trânsito e seguranças particulares em operação diariamente. Depois da entrega da premiação aos vencedores dos concursos de fantasias e dos blocos, subiu ao palco da Fundação Cultural de Imperatriz, FCI, para animar a terceira noite do carnaval “A Gente Faz”, o cantor sertanejo Juliano Reis, que eletrizou o público no palco da concha acústica. Com mais de 14 anos de carreira musical, Juliano Reis se tornou um dos artistas mais requisitados para apresentações em bares, shoppings e eventos em Imperatriz e diversos municípios do Maranhão, Tocantins e Pará. “Nunca tinha visto uma festa de ritmos carnavalescos tão diferenciados que tenha agradado todas as idades na Beira Rio”, observou a estudante Maria Eduarda, que veio de Davinópolis para brincar o carnaval na “Princesa do Tocantins”. E não ficou somente por aí, o cantor Juliano Reis convidou o MC Breninho que cantou os hits do momento e não deixou ninguém ficar parado, animando os integrantes dos blocos, da organização e do público em geral. Atração nacional De volta a Imperatriz, a dupla do Estado de Goiás, Cleber e Cauan, atração nacional dessa segunda-feira, 12, subiu ao palco depois das 22h, levando a multidão do carnaval “A Gente Faz”, ao delírio. Eles agradeceram o carinho do público, elogiaram a organização da festa e relembraram o sucesso “Mel Nesse Trem”, lançamento nacional ocorrido em 2013, inclusive em Imperatriz. E cantaram o hit “Só que não”, do CD gravado “ao vivo” em Brasília. Da turnê Resenha, os sertanejos fizeram “coro” ao cantar o reggae Quase, campeão de visualizações no Youtube, composição que embalou em clima romântico o público do carnaval. No palco da concha acústica, o cantor Kelvin Baetz também não deixou ninguém ficar parado e sacudiu a noite com muito axé, swing, sertanejo e o hit “Que tiro foi esse?”, inclusive com direito a ensaio de coreografia. Ele encerrou a terceira noite do carnaval “A Gente Faz” que reuniu mais de 25 mil foliões.

Fotos

Mais notícias