CAVALGADA 2017: empresário chama atenção para que não se maltrate os animais.

07 de Julho de 2017 12h47

CAVALGADA 2017: empresário chama atenção para que não se maltrate os animais. Por mais que se alerte que maltratar animal é crime no País é comum durante " a maior cavalgada do Brasil" a incidência de casos, mesmo que isolados, de maus tratos. Já houve até episódios da morte de cavalos durante o trajeto até o Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva. Preocupado com isso, a Gráfica Center, do empresário Richardson Lima, vai distribuir vasto material educativo aos cavaleiros e Amazonas com a lembrança de que não se deve maltratar os animais além do fato de ser hoje uma conduta considerada criminosa. " Vejo a cavalgada como uma manifestação da força de um setor importante da economia, mas também como um momento de integração e confraternização do povo da cidade contudo, é necessário que se verifique alguns cuidados entre eles o de não maltratar os animais" justificou Richardson Lima. Com essa campanha, ressalta o empresário, a Gráfica Center, espera contribuir para que os participantes da cavalgada adote uma postura mais consciente no que se refere ao trato com os animais e a participação no evento.

banner

Mais notícias

banner